18/09/2017

8 dicas pra não torrar sua grana nas campanhas de AdWords


Apanhando, torrando a grana do seu cliente no Google e gerando poucos, ou nenhum, resultado?

Então, para tudo o que você está fazendo e dá uma sacada nestas 8 dicas que vão dar um up nas suas campanhas e levar mais leads para o seu funil de vendas. ;)

+ Como avaliar o desempenho das campanhas do Google AdWords?


1. Pense como um cliente

Um dos erros mais comuns em qualquer área da comunicação é não pensar como o cliente pensa. E trabalhar com o Google AdWords não é diferente.

A gente precisa ter uma noção profunda de como os usuários fazem a busca na pesquisa, de quais são as palavras-chaves que podem levar o seu produto ou serviço a ter a melhor posição e conseguir o lugar de destaque do click.

A grande dica é você ‘ser o usuário’ nessa hora e fazer uma lista caprichada de todos os termos que vierem na sua cabeça.

2. Entenda o processo de pesquisa

Você entende o processo de pesquisa que o seu cliente faz até chegar no ato da compra? 

É importante saber. Fazendo isso você vai conseguir acertar na estratégia e fazer o ROI ser mais rápido.


3. Palavras-chave específicas para clientes específicos

Uma das grandes leis do marketing: segmente bem o seu cliente final.

A diferença é que no Google, sem segmentar usando palavras-chave específicas, você deixa, muitas vezes, de aparecer nas buscas específicas.

Um exemplo: Cordas de guitarra 0.12. Esse seria um termo específico para um comprador de cordas de guitarra. O termo genérico seria “cordas de guitarra”, onde ele concorreria com muitos outros players, outras lojas que vendem cordas de guitarra.


4. Palavras-chave gerais para atrair bastante gente

Use também palavras genéricas. Mas tome cuidado para elas não serem tão genéricas a ponto fazer os seus anúncios aparecerem para qualquer pessoa.

O segredo aqui é você conseguir abranger o maior número de pessoas que estiverem procurando pelo seu produto ou serviço, mas não a ponto atrair tráfego inútil. 

Ex.: cordas de guitarra, se você tem uma loja de instrumentos musicais. Diferente de colocar só “cordas”, que seria muito genérico.


5. Tudo gira em torno do objetivo

O que dá bastante resultado dentro do AdWords é a criação de grupos de anúncio. E quanto mais você objetiva eles mais fácil e rápido vem os resultados.

Crie metas dentro dos grupos de anúncio.
Crie grupos de custo de aquisição de palavras-chave.
Crie grupos por categoria de produto ou serviço, marca ou lucratividade.

Tudo depende do objetivo que você tem em mente para cada campanha e qual é a sua estratégia para alcançar esses objetivos.


6. Tem número certo de palavra-chave

O Google recomenda o uso entre 5 e 20 palavras-chave por grupos de anúncio. Claro que você pode colocar mais. Mas se o próprio Google recomenda em sua academia, creio ser interessante levar em consideração.

E, anota aí: Cada grupo de anúncio precisa de palavras-chave que tenham relação direta com o grupo de anúncio. Também não esquente com o português cansado da galera na internet; o Google ‘traduz’ e posiciona o seu anúncio de acordo com a busca que elas fazem corrigindo os “erros de digitação”.


7. Palavras-chave de acordo com o destino do anúncio

Bobeira, mas tem gente que vacila aqui.

Obviamente as palavras-chave precisam ter relação com o lugar que você está levando o usuário

Você não vai criar um anúncio falando das cordas de guitarra 0.12 e fazendo o usuário cair na parte de bateria. Ele não está procurando por baterias!


8. Palavras-chave negativas

Lembre-se de criar lista das palavras-chave negativas. 

Elas vão bloquear os anúncios para usuários que não te interessam e, de certa forma, farão você economizar, porque não estão clicando no seu anúncio.


Dúvidas? Sugestões?
Deixe seu comentário. 

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários: