22/05/2017

A Inteligência Artificial irá substituir o ser humano?


A literatura, o cinema e outros meios de entretenimento costumam encarar a inteligência artificial de forma um tanto fantasiosa.

Não à toa, filmes como “O Exterminador do Futuro” e o desenho “Jetsons” continuam a mexer com nossa imaginação.

Operando em mercados financeiros, mecanismos de buscas e assistentes pessoais, entre outros campos, a inteligência artificial (AI) é responsável por várias comodidades que você aproveita no cotidiano.

Provavelmente, de forma inconsciente, você já realizou uma busca no Google, correto? 


Mas com a AI, vem as perguntas: Poderia a máquina nos substituir? Poderia a máquina ser mais inteligente e nos dominar? 

Vamos lá:


Poderia a máquina nos substituir?

A “máquina” vai nos substituir em algumas tarefas sim, é fato

Alguns trabalhos deixarão de existir simplesmente por serem repetitivos e não requererem mais a intervenção de um ser humano.

Mas a máquina não vai nos substituir por completo

O que ela fará são algumas tarefas e/ou trabalhos repetitivos e que não requeiram a sensibilidade humana para funcionar.



Poderia a máquina ser mais inteligente e nos dominar?

O segundo questionamento que ouço bastante é se “a máquina” poderia ficar mais inteligente que nós e nos dominar, igual aquelas histórias de filmes.

Visto que “a máquina” aprende sozinha através de seus algoritmos, além da capacidade ilimitada de armazenar dados e informações em pouquíssimo tempo.


É uma teoria, mas depende do ser humano que programará o que “a máquina” pode ou não pode fazer. Logo, o controle será sempre do ser humano.

“Se um dia a máquina quiser nos dominar, é só desligá-la da tomada.”


Portanto, fique tranquilo. A AI veio para agregar!



← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários: