03/01/2017

Você abusa do seu potencial?


Aviso: Esse texto é para pessoas que lideram. 

Segundo a Exame, o Brasil está em 1° lugar no ranking de países empreendedores

3 em cada 10 brasileiros possuem um negócio ou estão envolvidos com a criação de um.

Esse dado vem de uma pesquisa feita pela Global Entrepreneurship Monitor (GEM) no Brasil pelo Sebrae.

É engraçado que mesmo sendo um país altamente empreendedor a maioria das pessoas tem o pensamento de empregado. A maioria quer ‘empregos’ e não ‘trabalhos’.

Leia também: As 5 principais qualidades de um líder que poucos possuem.

Nós nos acostumamos com o conforto de não ter problemas para resolver e por isso até gostamos de trabalhar de forma automática e fazer coisas sem muito desafio. 

Nisso, nossos sonhos de criança de ‘pisar na lua’ ficam pra debaixo das cobertas e apenas admiramos e criticamos os novos milionários que saíram das suas zonas de conforto e mudam o rumo das suas histórias.

A gente gasta uma grana danada em faculdade, aluguel de apartamentos quando vamos estudar em outras cidades, ou muitas vezes vivendo em repúblicas com pessoas que você nunca viu; uma grana preta em especializações, outros idiomas e nos contentamos em ‘apenas apertar botões’ e ganhar um salário de merda.

Não faz muito sentido.

Mesmo que você ganhasse uma grana interessante, mas ficasse ‘apenas apertando um botão’ no seu trabalho isso seria minimizar a nada seu potencial profissional e minimizar a nada todas as suas chances de criar e desenvolver coisas interessantes.

Claro que isso é só culpa sua. 

É realmente uma questão cultural. Ou seja, que foi sendo cultivada por você.

Algumas vezes eu olho pro meu grupo de amigos e vejo o tamanho do potencial da galera: jornalistas, engenheiros, biólogos, advogados, contadores… Um mar infinito de recurso e capacidade humana e a gente curtindo foto no Facebook e se submetendo a empregos que pouco nos ensinam.

É como tenho escrito constantemente aqui para a Mkt News: Essa é a era da invenção. Dá pra gente reinventar muita coisa e principalmente os negócios.

Leia também: Há uma grande empresa embaixo do seu colchão.

Então, você, que lidera, que tal começar a ser a pessoa que você nasceu pra ser?

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários: