08/11/2016

[Resenha] "O Catador de Sonhos", de Geraldo Rufino


Com grandes autores e grandes livros a disposição, hoje venho contar do livro que ganhei há alguns meses e que sempre me dá motivos para usá-lo como pesquisa e exemplo de força de vontade.

O Catador de Sonhos” de Geraldo Rufino é uma obra para o empreendedorismo e também para buscar soluções em meio às crises. 

O autor conta sua trajetória de vida, com histórias marcantes que fizeram dele hoje ser referência no mercado e ter um faturamento superior a R$ 50 milhões por ano.



Começou sua carreira aos oito anos de idade trabalhando como catador de recicláveis em um aterro sanitário na cidade de São Paulo.

Rufino é um grande exemplo de que basta mudar o modo de pensar e todas as portas podem se abrir. 

A fórmula do sucesso que conseguiu desenvolver está baseada na premissa de trabalhar muito com o espírito e a mente, principalmente. 

Mesmo com todas as dificuldades que a vida lhe impôs desde cedo, Geraldo jamais perdeu o sucesso de vista. Empreendedor visionário, trabalhador incansável, otimista incorrigível, o autor ensina como transformar sua vida e seu negócio para nunca mais se sentir vencido.

Uma leitura obrigatória, ainda mais atualmente, em que a crise econômica tem abalado a confiança de milhares de brasileiros, que com isso, deixam de enxergar oportunidades de empreender e dar uma guinada na vida profissional. 

Buscando o marketing e a comunicação como pilares, Rufino nunca deixou de lado três receitas determinantes em suas viradas: superação, otimismo e determinação.


Conheci mais desta figura incrível ouvindo um Podcast do Flávio Augusto, onde Geraldo explicou que sempre vê o lado positivo de tudo e com isso tira grandes aprendizados das situações da vida. 

Com um canal no YouTube recém-lançado (Pense Positivo), Rufino dirigi seus caminhões e dá carona para empreendedores que são exemplos de superação, inovação e força de vontade. Vale a pena conferir: https://www.youtube.com/channel/UCU_aTte1Y9MwukvCuS2hOxQ

Já em uma conversa informal com o autor, Geraldo resumiu otimismo, crise e sucesso

Veja:

Otimismo está ligado com estado de espírito. Quando levantamos pela manhã temos livre arbítrio. É preciso acreditar que tem efeito na sua crença… acreditar no positivo e saber que vai voltar pra você, que vai acontecer. Imaginar, mentalizar, vai sim se materializar, é bem simples e inteligente demais. Pensar positivo é necessário, e o universo conspira ao seu favor. Pra mim pensar positivo, é crença, fé, energia e inteligência… levamos o mesmo tempo pra pensar positivo e negativo, vou pelo lado que acredito e pronto. Todos os acontecimentos são positivos, pois crescemos com muitas coisas, mudamos de caminho, de espaço, de rumo… e isso é lindo.

Em meio à crise, no meu ponto de vista, é uma situação necessária e inevitável. Ela faz acontecer o movimento, as mudanças, a evolução. As coisas precisam trocar de lugar, e as pessoas precisam encarar de forma mais positiva, que tipo de comportamento precisamos ter para não ficar pra trás? Enquanto tiver economia, tem crise. Não se iluda que não vai mais acontecer, basta se alinhar e tirar proveito. Pra cada crise, um modelo, uma atitude, uma oportunidade de evolução, crescimento, uma inovação. É um que sai pra dar espaço pra meia dúzia… isso faz parte do processo. Ela não é problema, é solução, depende do ponto de vista de cada um.


Sucesso é uma coisa que faz parte do universo. Está aí para todo mundo, todos tem acesso. É a mesma coisa, quando falamos em sorte, para mim é a sombra, você faz os movimentos e a sorte te acompanha. Sucesso nasce conosco. Ter sucesso é ser feliz… Pessoa que sorri pela manhã consegue conviver em grupo, individualmente também. Consegue gerar coisas produtivas pra si mesmo, e pra outras pessoas. Existem muitas maneiras de se ter sucesso. Resumindo: é ser feliz!


Depende de cada um de nós, não de terceiros. Mas as pessoas se baseiam muito que sucesso está galgado em bens, produtos, coisas e pessoas e não é isso… Ser feliz é um estado de espírito… levanta pela manhã, agradece e vai ser feliz.

Sucesso é se sentir feliz por si só… ninguém sofre pelo que precisamos fazer, apenas geramos isso!”

O que acharam?

Se quiser conhecer mais sobre a trajetória de Geraldo Rufino, o siga abaixo:


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários: