10/10/16

Público-alvo? Nunca vi, só ouço falar

        

Está cada vez mais difícil identificar corretamente o público-alvo de uma empresa? Você se sente assim? Vamos agora correr atrás e fazer uma pesquisa para ter as informações bem claras e organizadas.

Pense, vale a pena direcionar seu produto/serviço para um público que não tem interesse? 

Não mesmo. 

Seu público é formado por pessoas que possuem o tipo de problema ou necessidade que seu negócio poderá suprir. Ou seja, um problema que você tenha a solução, que o seu produto/serviço irá suprir.

Não adianta segmentar um público baseando-se somente em sexo e faixa etária. É preciso ter um perfil completo. Como? Crie o seu persona ideal.


Segundo o administrador Wendel Almeida do site Administradores: Quem procura um Hotel? 

- Casais veem este tipo de empreendimento como ideal para uma noite romântica ou de descanso. 
- E, a classe homossexual, por exemplo, têm procurado locais seguros para passar o fim de semana e a investir por seu conforto. Esta classe tem potencial para aquisição. 

Está aí a importância também do dado secundário. 

Mas, sinceramente falando. Qual tipo de anúncio atrairia mais hóspedes a esse hotel? 

Várias empresas perdem clientes porque não possuem a capacidade de mostrar ao cliente o que ele precisa. De certa forma, a venda é um processo de consultoria. Ela é mais consultiva. 

A idade irá interferir, por exemplo, no poder aquisitivo e vocabulário. De nada adianta você atrair jovens de 15 anos através de um conteúdo com vocabulário para tal idade. São os pais que pagarão a conta

O Sexo, por exemplo, também irá influenciar, serão necessários argumentos diferenciados. Em uma academia, os homens possuem objetivos diferentes das mulheres.

Para tudo isso é preciso fazer pesquisa, bem simples. 

Pode iniciar, por exemplo, através de pesquisas online com pessoas na rua que aceitem participar. Com seus funcionários, com sua rede de amigos no Facebook para descobrir as necessidades de cada um deles e verificar se seu produto ou serviço irá suprir e sanar o problema. Criar um canal de troca de informações, como enviar matérias com newsletter semanal, em troca de um pré-cadastro com nome e e-mail, além de perguntas básicas, já irá ajudar muito.

E você, já pratica a construção de seu persona ideal? Conte para nós os desafios que está enfrentando.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários: