31/10/2016

Marketing de Alimentos: Você conhece os desafios desse setor?


O marketing tem inúmeras funções em diversos ramos. 

Na indústria alimentícia, ele é diferenciado junto à publicidade e deve trabalhar de maneira assertiva e com estratégias bem definidas.

Uma das estratégias mais usadas na atualidade é o marketing nutricional, ou seja, oferecer informações nutricionais dos produtos aos consumidores, permitindo-lhes a opção consciente de produtos alimentícios de acordo com o estilo de vida de cada consumidor. 

O uso de estratégias de marketing nutricional insere a marca na promoção da saúde pública, o que torna a empresa participante do processo de educação alimentar da população, gerando benefícios à marca. 

A indústria deve estar atenta às estratégias com o objetivo de influenciar o comportamento de compra do consumidor por meio de características como:

- Ter habilidade para se adaptar a um único formato; 
- Direcionar-se a grupos-alvo bem definidos; 
- Analisar o poder de compra e as quotas de mercado significativas; 
- Ser funcional e ter habilidade para captar a imaginação do consumidor. 

Além das normas e legislações específicas, esse tipo de marketing está em tempo integral bem na nossa frente, sempre presente nas nossas compras diárias, nas idas ao mercado e nas opções disponíveis nas prateleiras de padarias.

As principais ideias envolvem chamar a atenção do consumidor e garantir que adquiram mais produtos no seu dia a dia, aguçando o apetite e incentivando a vontade de consumir. Tudo isso a partir do uso aplicado de cores e formas nos rótulos.

Leia também: 3 dicas sobre Teoria das Cores para inspirar seu projeto digital

Muitos estudos já comprovaram que ao transmitir apetite ao público, a marca está garantindo planos de chamar a atenção do cliente sempre que for lembrada. 

Acompanhando promoções, tendências e aspectos variados, esse tipo de marketing deixa de ser tradicional e traz uma abordagem diferente, transmitindo conceitos e técnicas desta atividade que possam atingir os objetivos propostos dentro da indústria de alimentos.
           
Por isso, o marketing nesse caso pode estar alinhado ao consumo, influenciar o consumidor a se identificar com a marca, a recomendar e a querer sempre mais. 

Contudo um ponto muito importante é tornar a sua marca confiável, ou seja, fazer com que aquele consumidor recomende aos amigos o produto por sua qualidade, por sua originalidade e também por sua honestidade em dar as informações corretas perante a embalagem.

Se você está no setor alimentício, você sabe que não é fácil inovar com produtos que são degustados, mas pense que vale a pena investir mais e ter um retorno melhor do que correr risco de fazer um marketing meia boca e não alavancar suas vendas.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários: