24/10/2016

8 tecnologias que influenciarão o cotidiano das empresas em 2020


A PwC é uma prestadora de serviços nas áreas de Auditoria e Asseguração, Consultoria de Negócios e Tributária. Ela faz parte do chamado Big Four, o grupo das quatro maiores empresas contábeis especializadas em auditoria e consultoria do mundo.

Foi formada em 1998, a partir da fusão de duas empresas de Londres: a Price Waterhouse e a Coopers & Lybrand, que têm suas origens nos negócios iniciados por Samuel Price e William Cooper em meados do século XIX.

Atualmente, as firmas que compõem o network global estão presentes em 157 países, com mais de 208 mil colaboradores (só no Brasil, onde atua desde 1915, são cinco mil profissionais distribuídos em 16 escritórios).

Um de seus mais recentes estudos foi para listar as novas ferramentas que farão parte do cotidiano de grandes empresas ao final da década.

O estudo em questão é o Tech Breakthroughts Megatrends, que visa identificar a forma como as empresas se relacionam com as novas ferramentas de tecnologia e como isso deve impactar as estratégias de negócios e as relações comerciais com os clientes.

A lista foi criada com base em pesquisas e estudos realizados em todo o mundo e, ao analisar mais de 150 tecnologias diferentes, oito foram consideradas imprescindíveis para a atuação das empresas no futuro próximo. Confira:


1. INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL (AI): algoritmos de software capazes de executar tarefas que normalmente requerem inteligência humana, como a percepção visual, o reconhecimento de voz, a tomada de decisão e a tradução de uma língua.

2. REALIDADE AUMENTADA (AR)a adição de informação ou recursos visuais para  o mundo físico, por meio de uma imagem gráfica e/ou sobreposição de áudio,  a fim de melhorar a experiência do usuário.

3. BLOCKHAIN: plataforma de distribuição eletrônica que usa algoritmos de  software para gravar e confirmar transações com confiabilidade e anonimato.

4. DRONES: veículos aéreos não tripulados controlados remotamente por pilotos ou de forma autônoma por computadores de bordo.

5. INTERNET DAS COISAS: objetos – como aparelhos, veículos e outros – com sensores, software, capacidade de computação e acessíveis por uma conexão de rede.

6. ROBÔS: máquinas eletromecânicas ou agentes virtuais que automatizam, aumentam ou apoiam as atividades humanas.

7. REALIDADE VIRTUAL (VR): é a simulação tridimensional de uma imagem ou um ambiente completo dentro de um espaço definido e contido, sendo possível interagir de forma realista.

8. IMPRESSÃO 3D: é uma técnica de fabricação utilizada para criar objetos tridimensionais, com base em modelos digitais, por meio de camadas sucessivas de materiais.


Como indica o estudo, todas elas ainda têm muito espaço a ganhar nos próximos anos. 

Mas, se alguma delas já faz parte do seu trabalho, que tal contar pra gente nos comentários? :)
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários: