29/08/16

[Social Media] Funções, cargos, salários e tudo o que você precisa saber sobre esse profissional


Com o avanço da tecnologia – e sua influência na publicidade –, algumas profissões se desenvolvem, outras até deixam de existir e há ainda aquelas que nascem.

Um dos exemplos disso é o caso do Social Media (Mídias Sociais).

As principais dúvidas que surgem em torno desse profissional, naturalmente, são: o que faz um social media? E quanto ele ganha?


Funções

Para responder a primeira pergunta, vamos às funções do Social Media (com definições do QSSM):

  • PRODUÇÃO E GESTÃO DE CONTEÚDO: as funções executadas aqui incluem a produção de conteúdo, do brainstorm que ocorre a partir do briefing, passando pela seleção de temáticas, elaboração de pauta, redação, alinhamento com diretores de arte (para criação da imagem) e finalização de conteúdo.
É sempre importante ressaltar que o conteúdo deve ser entendido muito além do texto, abrangendo toda hipertextualidade contemporânea que vídeos e formatos interativos permitem.

  • RELACIONAMENTO DIGITAL: as atividades de relacionamento em mídias sociais incluem a gestão de interações e, em alguns casos, de SAC 2.0. O trabalho à frente dessas atividades impacta diretamente na percepção do público sobre a marca, assim como tempo e qualidade das respostas dadas aos consumidores e fãs.

  • INTELIGÊNCIA EM MÍDIAS SOCIAIS: essa função responde pelo trabalho que envolve análise de dados provenientes de mídias sociais. Realiza-se aqui um caminho para transformar dados brutos em insights acionáveis pelas marcas. Essa função ganha relevância num cenário que é cada vez mais pautado pelo mapeamento dos rastros do comportamento dos consumidores no digital.

  • PLANEJAMENTO DIGITAL: nas atividades desse item, podemos listar desde o planejamento de uma campanha, passando pela presença de marca, num viés mais estratégico. Se descermos para o tático e o operacional, conseguimos pensar no plano editorial de um canal, por exemplo. Além disso, essa função também deve participar de todo processo always on, direcionando se as entregas e o dia a dia estão de acordo com a estratégia acordada inicialmente.


Cargos

Para que um profissional seja capaz de exercer determinado cargo, além da experiência ou mesmo do potencial da pessoa – e isso varia muito de indivíduo para indivíduo –, a gente não pode se esquecer de que os estudos são sempre importantes.

No caso de quem quer trabalhar como Social Media, cursar a graduação em Comunicação Social - sobretudo Publicidade e Jornalismo - e estudar inglês são bons indicativos para conseguir êxito nessa área, pelo menos num primeiro momento.

Isso porque, no País, estima-se que 93% dos assistentes em mídias sociais tenham concluído a graduação (sendo que um terço foi em Comunicação Social) e, em relação aos coordenadores, a metade se formou em Comunicação, no total de profissionais.

Ainda no que diz respeito ao âmbito acadêmico, um quarto dos analistas e também dos gerentes concluíram a pós-graduação. Quando falamos em coordenadores, esse número sobe para 36%.

Por fim, metade dos analistas têm inglês intermediário e metade dos gerentes dominam o idioma em nível avançado (com informações da Catho).


Salários

Por sua vez, o salário do Social Media, como em qualquer outra profissão, varia conforme o cargo. 

Então vamos agora às médias salariais no Brasil (ainda com informações da Catho):

Cargo
Salário
Estagiário
R$      909,38
Assistente
R$   1.371,47
Analista
R$   1.640,38
Gerente
Não consta
Coordenador
R$   1.888,31

O que achou?

Esperamos que tenha conseguido conhecer um pouco melhor do universo do Social Media. Veja também as 4 habilidades do Social Media que fazem a diferença.

E se você tem experiência em mídias sociais, que tal compartilhar com a gente? :)

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários: