23/07/15

Casal larga publicidade para empreender ao redor do mundo


Cansados das rotinas nas agências, os publicitários Raphael Rotta e Manoela Pontual decidiram fazer o que muitos sempre sonharam: largar tudo para viajar o mundo e tentar ganhar dinheiro com isso.

Para viabilizar essa virada de mesa, os dois turistas de carteirinha criaram a Plot, uma consultoria online de viagens customizadas. Com apenas quatro meses, a empresa já tem dado lucro.

“A ideia surgiu principalmente por causa do nosso perfil. Nós dois já tínhamos morado fora e éramos contra essa ideia de trabalhar 335 dias para viajar 30. A nossa vontade era ficar muito mais do que nossas férias. Logo, elas viraram um período sabático de três meses. E aí, se íamos pedir demissão de qualquer forma, por que não ficar pelo menos um ano?”, diz Rotta.

Como precisavam desenvolver um plano de negócio para sustentar o sonho, os dois usaram as habilidades publicitárias que tinham na criação do projeto.

Foi então que, motivados por essa “expertise” e pelo “gap no mercado de planejamento de viagens”, eles começaram a tirar a Plot do papel.

O conceito “não convencional” da empresa oferece roteiros diferentes para cada cliente. Para realizar isso, a empresa solicita um perfil com dicas gerais do que o cliente gosta e descrição das atividades que pretende fazer.

“Cada pessoa é diferente. Nem todo mundo quer visitar o monumento mais famoso, passar horas a fio em um museu ou reservar uma tarde para compras”, diz Raphael Rotta.


Construção

Rotta não revela o valor investido para o desenvolvimento da consultoria, mas diz que não foi “muito alto”.

Ele e a namorada assumiram todas as tarefas possíveis. Quando não conseguiam, tentavam fazer permutas com outras empresas.

“Entramos em contato com um diretor de arte que estava planejando um intercâmbio para fora do país. Aí combinamos uma troca: planejávamos sua viagem e ele desenvolvia a identidade do site”, afirma.

A mesma técnica também foi utilizada com outras áreas da Plot – o casal chegou a desenvolver campanhas de marketing para empresas parceiras. “Eram coisas que sabíamos fazer. Saiu mais barato para todos”, diz Rotta.

Com o lançamento do site em março de 2015, Raphael e Manuela começaram a construir um banco de dados. “A nossa primeira cliente foi uma brasileira que morava em Londres. Ela queria uma opção de praia na Europa”, diz Rotta. Achamos o local e registramos no sistema. “Com certeza, essa informação vai servir para outro cliente.”


Custo

Para “flexibilizar” os interesses dos consumidores, a agência possui dois tipos de serviço: consultoria de destino (R$ 120 pelo projeto de viagem) e elaboração de roteiro (R$ 20 por dia planejado).

“Nosso modelo de negócio abrange tudo: de roteiros turísticos customizados a locação de hotéis e compra de passagens”, afirma Rotta.

No caso das passagens e dos hotéis, Rapha e Manu possuem uma empresa parceira em São Paulo. “Queremos ajudar as pessoas a conhecer o mundo de forma customizada, levando em conta, claro, o orçamento disponível.”

Depois que o serviço é solicitado, a Plot envia ao cliente uma apresentação em PowerPoint com o roteiro em detalhes. No arquivo, o cliente pode encontrar passeios, rotas, valores e todo o serviço separado pela consultora.

E o resultado tem sido muito positivo. Com 100% do valor cobrado pelos serviços indo direto para o bolso do casal, os dois conseguiram recuperar seu investimento no começo do terceiro mês de existência da consultoria.

“Ainda tem muita gente que não tem tempo. É uma coisa que dá trabalho. Os serviços ajudam a comprar passagem e reservar hotel, mas saber o que fazer no destino demanda pesquisa. É aí que nós entramos”, diz Rotta.




← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários: