07/07/15

As imagens realmente aumentam o engajamento nas redes sociais?


O lema “uma imagem vale mais do que mil palavras” todo mundo conhece, mas será que nas redes sociais as imagens também convencem e engajam mais que os textos?

Entre aqueles que trabalham com produção de conteúdo para redes sociais, existe a impressão de que posts com imagens possuem maior potencial de engajamento. Algumas marcas já testaram esta teoria e obtiveram resultados positivos, outras, nem tanto.

Em 2011, foram publicadas diversas pesquisas que comprovavam a vantagem de engajamento de imagens sobre outros tipos de posts. Estes estudos chegavam a apontar que posts com imagens podiam ter até 84% mais cliques do que publicações comuns. Isso fez com que a publicação de imagens se tornasse uma norma no marketing de conteúdo: entre 2013 e 2014, 54% de todos os posts do Facebook eram imagens.

Mas será que imagens realmente aumentam o engajamento nas redes sociais?


Estratégia de marketing


Para quem constantemente publica imagens em sua página e sempre obtém bons resultados, duvidar da performance deste tipo de post pode parecer algo impensável.

No entanto, não se trata de uma realidade para todas as páginas e marcas. Cada público possui um comportamento diferente: postar apenas imagens pode ter ótimos resultados com um público específico, e não surtir os efeitos desejados com outro.

Ao responsável pelo planejamento e execução de campanhas de redes sociais fica a responsabilidade de analisar os dados de audiência e a capacidade de direcionar a campanha para seguir por um rumo com mais potencial. Também é importante considerar o tipo de imagem que é publicada, já que cada target possui preferências visuais diferentes.


Tipos de imagens

Um estudo divulgado pela Taggs, uma empresa de produção de conteúdo para redes sociais, mostrou que a presença ou ausência de pessoas nas fotos pode ser decisiva para o engajamento. Fotos em que aparecem apenas partes do corpo, como um detalhe do braço ou pernas, foram responsáveis pela maior concentração de engajamento e audiência. Porém, o estudo também constatou que fotos em que o rosto de uma pessoa aparece possui bem menos engajamento. Obtiveram melhores números as publicações sem pessoas, como é o caso de paisagens.

A pesquisa teve seus dados colhidos a partir das publicações de marcas como Abercrombie & Fitch, Pizza Hut, Victoria’s Secret, Starbucks, Walmart, Dunkin’ Donuts, Macy’s, Subway, Forever 21, entre outras.

A pesquisa revela o que parece ser uma tendência das pessoas ao interagir com conteúdos visuais nas redes sociais e pode servir de orientação para o planejamento de marketing de conteúdo. No entanto, é vital sempre analisar as preferências particulares do seu target específico.


Análise de performance


Independentemente de qual for a sua estratégia, é essencial sempre acompanhar e medir os resultados. De nada adianta tentar várias estratégias diferentes e não analisar sua performance depois. Estes dados devem nortear os caminhos que a campanha deve seguir e pode, possivelmente, corrigir a rota da sua estratégia de conteúdo.

Mensure os resultados de engajamento das suas publicações, os reflexos da audiência e a resposta do público para o conteúdo e analise estas informações.

Para o próximo passo, faça as alterações que você acredita que serão importantes para melhorar os resultados. Esta é a hora de melhorar ainda mais o que foi bem e corrigir o que não obteve bons números.

Usando imagens ou qualquer outro tipo de conteúdo, é importante que seja feito um bom planejamento de conteúdo antes do início da campanha. Esta análise deve identificar o tipo de publicação que é mais buscado pelo target, e buscar a adaptação deste conteúdo para os interesses da marca.

Quais resultados você pretende conquistar com as suas campanhas nas redes sociais? Você já teve resultados positivos com o uso de imagens nas redes sociais? Compartilhe nos comentários!


Fonte: Scup
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários: