11/03/15

Fãs da Turma da Mônica: mais de 500 gibis ganham versão digital em APP




Além do anúncio da reabertura do Parque da Mônica em São Paulo, que empolgaram muitas pessoas, os fãs da Turma da Mônica poderão ficar ainda mais felizes com essa notícia: A Maurício de Souza Produções acaba de lançar a versão digital de seus gibis.

O cartunista colocou no ar o aplicativo Caixa de Quadrinhos que oferecerá acesso a todo o acervo de revistas publicadas desde a década de 1980.

De acordo com o Estadão, mais de 500 gibis do quadrinho mais famoso do Brasil foram digitalizadas.

“Há alguns anos, já tínhamos claro a direção que o digital apontava. Por isso, começamos a investir e, assim, fizemos apps de games, começamos a trabalhar forte nas redes sociais e remodelamos o site”, diz Marcos Saraiva, gerente comercial da área digital da Mauricio de Sousa Produções,

O usuário poderá optar por uma assinatura mensal ou anual e ter acesso a 50 edições por vez. Quem não quiser pagar, terá acesso apenas a algumas tirinhas gratuitas (e não a revistas completas).


No acervo disponível, é possível filtrar as histórias que se quer ler por personagens, como Magali, Cebolinha, Cascão ou Chico Bento.

O aplicativo permite também que se baixem edições para serem lidas dentro do app mesmo quando o usuário não estiver conectado. Caso a assinatura seja cancelada, as edições deixam de estar acessíveis automaticamente.




“O Mauricio avalia todo roteiro já publicado entre bom e ótimo. Para as primeiras edições do aplicativo, a gente escolheu as mais bem cotadas.” diz Saraiva.

“Mas o objetivo sempre foi colocar o conteúdo onde as crianças estão, e há tempos a plataforma dos tablets vem se mostrando forte nesse sentido.”

Além das edições históricas do acervo, a ideia é concentrar no aplicativo diversos produtos, inclusive uma espécie de banca virtual para a venda das versões digitalizadas dos gibis da marca conforme forem para as bancas físicas.

Para o futuro, a marca já estuda a tradução do aplicativo (e as revistinhas) para outros idiomas.



A empresa de Mauricio de Sousa está otimista sobre a recepção que o aplicativo terá. “Acreditamos que entre seis meses e um ano vamos ter o investimento recuperado”, disse Saraiva, sem dar valores.

“Tem uma demanda forte de gente que sempre pediu versões digitais dos gibis para o Mauricio. E ele sempre viu isso de forma positiva, nunca acreditou na canibalização da revista física pelo digital. Para ele, são produtos complementares.”

“A gente esperou o momento certo para apostar nesse modelo de assinatura”, diz Saraiva. “E, a nosso favor, temos essa maior maturidade gerada com a penetração de smartphones e tablets no Brasil.”

Para ler as aventuras da Turminha, será necessário ter acesso ao aplicativo e baixar a revistinha. Não é preciso estar conectado à internet para ler o conteúdo e nestes links é pode ser baixado gratuitamente em celulares e tablets Android e iOS.


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários: