05/11/14

Mulher descobre mendigo poéta em SP e muda sua vida. Emocionante!


O Senhor Raimundo Arruda Sobrinho, de mais de 70 anos, era mais um mendigo criativo de São Paulo. Ele sempre foi conhecido por sentar 35 anos no mesmo local (Ilha da Pedroso Moraes) todos os dias para escrever suas poesias.

Em Maio de 2011, Shalla Monteiro, a caminho de casa, reparou naquele homem que vivia naquele canteiro de uma avenida supermovimentada, e escrevia concentrado, em paz, e teve curiosidade em conhecê-lo. Ela se apresentou, conversou com ele, leu alguns de seus poemas e ficou impressionada!

Shalla resolveu criar uma fanpage, chamada O Condicionado, para divulgar as publicações de Sr. Raimundo. A página ganhou repercussão quase imediata nas redes sociais.

O Sucesso foi tanto, que o facebook até fez um vídeo em seu canal Facebook Stories para contar um pouco da história do mendigo!

Em Setembro de 2011, entre os muitos fãs da página, um dos maiores interessados descobriu o paradeiro de Raimundo: Seu irmão Francisco. A partir de então, Raimundo reencontrou sua família, fez um extenso tratamento de saúde para readaptação e cuidados sempre acompanhado pelo irmão, pela cunhada e também pela amiga Shalla que nunca se distanciou. 

A ele foi dada a opção de voltar para Goiás, sua terra natal e viver juntamente com sua família, e Raimundo conseguiu revê-los depois de 51 anos em Julho de 2012. Desde então, ele está em Goiânia com a família trabalhando em seu livro. Shalla o visita para ajudá-lo na montagem dos manuscritos e ajuda-o a preparar o material para publicá-lo.

Confira o vídeo e se prepare para o "nó na garganta":















Shalla escreveu na página algo motivador:

“Raimundo sempre se manteve fiel ao seu sonho, a sua verdade. Ele jamais deixou de escrever, seu grande dom, durante os quase 35 anos que viveu nas ruas. No frio, no calor, na chuva e na escuridão da noite, ele seguia, como podia, escrevendo. E disse, quando nos conhecemos, que nunca teve quem lesse ou julgasse o que ele escrevia. Por meio desta página seu sonho começou a se realizar. Ele recebeu carinho e reconhecimento, por parte de vocês, que certamente não havia ainda experienciado e, além disso, reencontrou sua família e o merecidíssimo acolhimento! Agora, nosso amado poeta, “o Condicionado”, como ele se autodenomina, poderá escrever sua história com as tintas do amor, nas condições que ele merece e, finalmente, publicar seu sonhado livro!”


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários: