25/07/14

6 dicas para ter sucesso no Pinterest

O Pinterest tem mostrado crescimento constante. A rede social cujo principal elemento são imagens, é particularmente popular entre mulheres jovens, embora o número de homens tenha começado a aumentar dentro da plataforma. A verdade é que, para marcas que querem dialogar com consumidores mais velhos, os pins não vão funcionar. Mas se o público alvo da sua empresa são mulheres e millenials, vale a pena conferir essas dicas:


1. Pense em termos de projetos

As pesssoas visitam o Pinterest para obter ideias e inspiração, então realizam buscas mais do que interações. A usuária típica procura looks para a aula de pilates, por exemplo. Ou uma receita para o jantar.

A Ahalogy constatou que quase 98% das usuárias do Pinterest tentaram algo que encontraram no site, enquanto dois terços experimentaram mais de cinco projetos inspirados na rede.


2. Marcas são benvindas

A Ahalogy também descobriu que 83% dos membros da plataforma preferem seguir sua marca favorita do que sua celebridade favorita. O Twitter, por exemplo, é um site de compartilhamento de notícias, então esse é o melhor local para ver novidades sobre o Justin Bieber. Mas uma marca como a Kraft tem ideias para oferecer aos consumidores.


3. Lembre-se das categorias principais

Comida, DIY, artesanato, decoração, férias e moda. Esses são alguns dos principais temas que atraem o interesse dos usuários da rede social. Se sua marca não está em nenhuma dessas categorias, crie conteúdo para encaixar seus produtos a esses tópicos.

Uma seguradora, por exemplo, pode criar pins sobre decoração, como preparar a casa para um tempo ruim e o que colocar no kit de emergência.


4. Não force

Todo mundo precisa de um modelo de receita e o Pinterest recentemente apresentou pins patrocinados. Você pode decidir pagar pelo placement ou não.

As vitórias acontecem quando as pessoas repinam os pins voluntariamente. Quando fazem aquela receita com um dos produtos. E é provável que não farão isso por algo que pareça um anúncio típico.

Por outro lado, os pins patrocinados não são banners ou pop-ups e sim, pins normais com uma etiqueta no post com a descrição de “promovido” juntamente com um link para obter mais informações. Ou seja, não parece um spam que faz muitos usuários em outras redes sociais se aborrecerem. Essa abordagem do Pinterest torna-se simples e mais sutil para divulgação e não parece agressiva aos clientes.

5. Redirecione o conteúdo e tráfego

Redirecione seus pins de forma criativa e atraente. Dessa forma, as chances de ganhar audiência com o compartilhamento e o redirecionamento do tráfego para o seu site são bem maiores.


6. Poste bastante

Poste muitos pins. Como em qualquer outra rede social, a frequência é a chave. A boa notícia é que anunciantes têm bastante conteúdo, como fotos para anúncios de revista.

Poste outras versões das imagens e produtos no Pinterest e distribua o conteúdo em diferentes boards.


Como disse no começo do post, seu principal elemento são as imagens. Portanto se as imagens não são um ponto forte para sua marca, ou simplesmente inadequadas para o seu mercado, Pinterest pode não ser o espaço mais eficaz para você.


O Pinterest hoje possui 80% usuários do público feminino, de faixa etária entre 25 e 44 anos. Então, se sua empresa atende esse tipo de consumidor e não a esta plataforma, está perdendo muitos clientes. No entanto, será preciso pensar em muito além de disponibilizar artigos femininos, pois essas mulheres também buscam itens de acordo com suas necessidades e para presentear amigos e família. As empresas precisam considerar que elas sempre foram proativas quando o assunto são compras. Então será importante vender artigos de todos os tipos, inclusive para homens.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários: