13/05/14

Como o storytelling pode ajudar seu e-commerce


O ser humano gosta de contar e de ouvir histórias.

A publicidade já sacou isso, e utiliza muitos recursos aprendidos no cinema para atrair uma determinada marca.

O principal deles é o storytelling. Mas não fique você pensando que este tipo de ação só pode ser usado por grandes empresas. Um pequeno empreendimento – tanto do mundo físico quanto no virtual – pode muito bem contar sua história: basta ser criativo e despertar interesse e emoção no receptor da mensagem!

Para poder contar uma história que chame a atenção do consumidor, é preciso criar um personagem principal, que precisa gerar empatia com o público-alvo e fazer com que este se interesse pela história que será contada.

A história precisa formar um “arco dramático”, onde primeiramente se apresenta o personagem (seus gostos, sua índole, seus pontos fortes e fracos), depois é criada um conflito para, no fim, obtermos o clímax e o final feliz.

É preciso pensar que o importante é a história a ser contada, e quem é pequeno ou micro empresa tem muita história pra contar.

Sabe aquele perrengue ocorrido no começo de montar a empresa, ou aquela característica da sua marca que você considera especial? Tá aí uma história que pode ser contada!

É possível ver muitos exemplos de storytelling no Twitter e no Facebook. Os perfis do Ponto Frio e da Magazine Luíza podem lhe ajudar como bons exemplos de storytelling.

Seja criativo! Mostre que por trás de um logotipo existem pessoas que trabalharam duro para chegar onde estão.

Desperte a emoção do cliente, faça com que ele se sinta parte da sua equipe e dispute para ter a carteirinha número um de  da empresa.

Esse é o lado humano da empresa. Contar uma história é uma das formas mais eficazes de obter a atenção de alguém. É um diferencial. Sai da abordagem tradicional.

Confira o esse vídeo abaixo. Vale a pena:




← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários: