21/03/14

E-mail Mkt: 7 dicas secretas para criar o título perfeito e impossível de não ser clicado


Você investiu tempo, pesquisou, produziu conteúdo, escolheu e tratou as fotos com carinho. 

Diagramou o e-mail, montou o HTML, abriu o software de disparo, puxou aquela sua lista opt-in super selecionada, com milhares de contatos. 

Configurou e conferiu os mínimos detalhes para o seu e-mail ser aberto corretamente, realizou o teste de envio e... Xi! Faltou o título! E você precisa enviar antes do almoço!
Você escreve o título rapidinho (em exato 1 minuto e 12 segundos) e tudo certo. Chegou a hora tão esperada!

A tensão e a ansiedade tomam conta de cada centímetro do seu corpo, até que o seu dedo trêmulo aperta o botão “enviar” e… Sucesso! Milhares de pessoas irão ver e abrir seu e-mail. 

Você comemora, com um pulinho na cadeira! O pessoal em volta acha um pouco estranho, mas você nem liga, Afinal, a sensação de dever cumprido é muito maior.

No fim do dia, você acessa com orgulho o software, para ver a taxa de abertura do seu lindo e-mail e… Decepção! Algo deve estar errado! 0,8% de taxa de abertura? Não pode ser verdade! O que deu errado?

Infelizmente, essa é uma situação comum e, se você já passou por isso, sabe como é decepcionante. O título, que deveria ser justamente o item com a maior atenção no seu e-mail marketing, foi escrito às pressas e sem a devida atenção.

“Temos um convite especial para você!”,
“Apresentação da nossa empresa – A/C Setor de compras”,
“Newsletter semanal n° 834”.

Assim como o seu blog, sua lista de e-mails é um dos ativos mais importantes que você pode ter para o sucesso do seu empreendimento online.

Com títulos genéricos, escritos sem atenção e que não dizem absolutamente nada o resultado é uma taxa baixíssima de abertura e a insatisfação com essa estratégia de comunicação.

Se você quer melhorar a sua taxa de abertura, a sua taxa de cliques e o relacionamento com sua lista, esse post foi feito especialmente para você.

Nós preparamos 7 dicas secretas para lhe ajudar a escrever um título perfeito e impossível de não ser clicado. Vamos lá!


1) Dedique tempo e atenção à redação 
Parece algo óbvio, mas, normalmente, as pessoas se preocupam demasiadamente com o conteúdo do e-mail e o título é deixado de lado, sendo feito, normalmente, por último e às pressas. Recomendamos que dedique o mesmo tempo para criação do conteúdo ao título, gerando uma lista de alternativas e, a partir dela, selecione os dois ou três melhores. Eles serão usados mais adiante, no teste A/B.

2) Seja específico e relevante
Não rodeie ou faça mistérios. Se a sua lista é opt-in, geralmente, os assinantes desejam receber a sua comunicação. Pesquise quais são os desejos ou as dores de seus clientes, forneça conteúdo relevante e de qualidade no seu e-mail e, no título, transmita como ele poderá ajudar. Usar a palavra “como” no início pode ser uma boa escolha, nestes casos.

3) Utiliza poucas palavras
De acordo com o MailChimp (software de gestão de e-mail marketing), num estudo feito com mais de 200 milhões de e-mails enviados, os títulos que contêm entre 28 e 39 caracteres têm o maior índice de abertura. Desta forma, recomendamos que seu título tenha, no máximo, 50 caracteres (sendo o ideal abaixo de 40).

4) Identifique-se de forma clara 
Se a pessoa optou por receber seus e-mails, é importante que você se apresente a ela de forma clara e familiar. Isto não precisa ser feito, necessariamente, no título. Pode ser no remetente do e-mail. Uma estratégia interessante e cada vez mais utilizada é se apresentar com o nome de uma pessoa – e não da empresa –, criando, assim, uma relação de amizade e simpatia.

5) Utilize palavras e termos que chamem a atenção
Simples, novo, perfeito, completo, matador, últimas horas, garantido, sensacional, rápido, como, melhor, desafio, oferta, conselho, última chance, segredo etc. São palavras e termos que têm o poder de atrair e prender a atenção do seu público.

6) Chame o prospect para a ação
Como escrever de forma simples o e-mail perfeito? Quando eu crio um e-mail com uma pergunta como esta no título, estou induzindo a pessoa a abri-lo, para ver a resposta (que, inclusive, pode ser o seu produto ou serviço). Pense quais são as perguntas que podem induzir o seu cliente a abrir um e-mail. Elas podem se tornar bons títulos (só não esqueça de respondê-la no corpo do e-mail, para não gerar frustação).

7) Faça um teste A/B com parte da sua lista
Finalmente, antes de fazer o envio para toda a sua lista, selecione aleatoriamente cerca de 10% dos contatos, para fazer o envio de um teste, com duas ou três variações de títulos (aqueles que você selecionou na dica 1). Após o envio, veja, no relatório, qual teve a maior taxa de abertura e dispare-o para o restante de sua lista. 

8) DICA BÔNUS - Testar, testar e testar 
Para toda regra, existe uma exceção. Dessa forma, o meu conselho é que você use como base essas 7 dicas e a partir delas faça seus próprios testes a cada novo envio, tentando identificar o que é mais adequado ao seu público alvo.

Já está pronto para seu próximo e-mail marketing? Que o seu público irá se atrair com o título e as chances dele abrir o e-mail aumentar, disso eu não duvido. 

Agora vem a segunda fase: criar conteúdo relevante que engaje o seu público e o faça agir para a call to action que você objetivou na estratégia do e-mail. Por isso, confira esse post aqui do blog:  9 dicas para reenergizar o conteúdo de seu e-mail marketing.

Bom proveito! ;)

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários: