12/05/13

Sites lentos causam grandes prejuízos, revela pesquisa



Segundo um levantamento realizado pela Micro Focus – empresa especializada em soluções para teste, modernização e gerenciamento de aplicações –, utilizando a ferramenta de análise de performance Borland Silk Performer para avaliar o tráfego dos principais sites de varejo mundiais, inclusive no Brasil, existe uma relação direta entre o tempo de carregamento das páginas dos sites de e-commerce e o volume de vendas. Ou seja, quanto maior a lentidão dos portais, menor as chances de conversão das vendas. Além disso, a demora no tempo de resposta das transações online aumenta o índice de insatisfação dos usuários e gera um maior volume de abandono dos sites.

Seguem alguns dados levantados durante a análise realizada pela Borland Silk Performer:

- 1 segundo de demora no tempo de resposta dos websites equivale a:
  . Redução de 11% no índice de page views (visualização de páginas)
  . 16% na queda de satisfação dos clientes
  . Diminuição de 7% na taxa de conversão de vendas

- Os compradores online esperam que as páginas web carreguem em 2 segundos ou menos

- Após 3 segundos de carregamento de uma página online, mais de 40% dos usuários abandonam o site

- Quando acessam as páginas de dispositivos móveis, 74% dos usuários abandonam o site após só 5 segundos esperando pelo carregamento do mesmo

- Depois que os clientes deixam uma página, é muito difícil conquistá-los de volta. 88% dos clientes online estão menos abertos a retornar a um site depois de uma experiência ruim

“Esses dados servem de alerta para os portais de e-commerce, pois eles demonstram que a falta de planejamento desses sites para suportar picos de acesso representa uma enorme perda de receitas potenciais”, afirma Marco Leone, Country Manager da Micro Focus Brasil. “Para piorar essa situação, o uso de novos dispositivos de acesso à internet, como smartphones e tablets, tende a tornar essa situação ainda mais desafiadora para os departamentos de TI dos sites de vendas online”, complementa.

O relatório da Micro Focus sugere que os sites precisam se antecipar aos picos de acesso, com o uso de ferramentas adequadas para testes de performance e de tempo de resposta. Nessa análise, deve-se levar em conta também cenários em que os clientes acessem o site por múltiplos dispositivos, protocolos e navegadores. “A partir desse tipo de análise é possível preparar os ambientes para suportar de forma adequada os picos de acesso, o que garante uma maior satisfação dos clientes e um aumento no volume de conversão de vendas, mas sem desperdício dos recursos de TI”, destaca o Country Manager.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários: