30/11/12

Engajamento: A melhor estratégia para aumentar o seu ROI


Ser assertivo de forma que o cliente se acostume, fique na expectativa de receber seus e-mails e interaja com eles, é isso que gera resultado. Mas até chegarmos nesta fase, muitas foram as etapas de evolução do e-mail marketing no mercado.

No início, as empresas acreditavam no e-mail marketing como um canal de prospecção generalizada, para todos os públicos do ambiente digital. Aos poucos, foram percebendo que a massificação era um equívoco e o caráter pessoal e o potencial do e-mail na criação e manutenção de relacionamentos foi percebido. Iniciou-se, então, um processo de aprimoramento deste conceito, foi o boom da clusterização. Hoje, esse tipo de segmentação já não vem se mostrando tão eficiente e chegamos então a era do engajamento.

Mas, afinal, o que é engajamento? Engajamento em e-mail marketing significa resposta e respeita aquela máxima de que o cliente tem sempre a razão. Para isso é preciso que as marcas fiquem atentas ao comportamento dos usuários de internet e aproveitem essa experiência para oferecer exatamente o que eles procuram. Com esse tipo de segmentação mais assertiva, as pessoas criam relacionamentos e sabem o que esperar de suas marcas preferidas. Uma saudável “ansiedade” por receber os conteúdos mostra que a estratégia de envio de e-mails está correta.

No entanto, além de aprimorar o relacionamento, que outras vantagens esse conceito pode trazer? Engajamento e entregabilidade estão extremamente ligados.

No aspecto técnico, quanto mais engajamento melhor a entrega das campanhas, ou seja, quanto mais os usuários interagem com as mensagens, melhor fica a sua reputação do remetente perante os provedores de e-mail que monitoram esses comportamentos e legitimam a entrega.

Pensando no lado estratégico, o ser humano gosta de se sentir único e valorizado É aí que está todo o desafio de boa parte, não só do mercado de e-mail marketing, como também das empresas em geral, ou seja, como mexer com a emoção do cliente: normalmente isso acontece com a valorização de suas experiências.

Para que o e-mail marketing atinja esse público cada vez mais crítico é preciso despertar o desejo de interação, e isso você só consegue oferecendo conteúdos relevantes, ou seja aquilo que interessa.  Para isso, você precisa conhecer detalhes do perfil do seu usuário.Conhecendo os hábitos de consumo você pode aumentar a identificação e consequentemente o engajamento o que irá refletir diretamente no seu ROI.


Listo aqui algumas dicas estratégicas que auxiliam nessa identificação:



- Experiência com o produto – deve-se levar em conta que cada consumidor é único e quer perceber essa exclusividade no processo de comunicação e o e-mail pode ser a porta de entrada para essa experiência;

- Interatividade – Aqui entram as pesquisas sobre hábitos de consumo e comportamento do cliente. Exemplo: se o e-mail marketing é sobre ações com times de futebol, ok, mas você sabe para qual time seu cliente torce?! As chances de engajamento estão aí, na informação privilegiada, no detalhe;

- Tendências – Priorize seus clientes, ofereça promoções e novidades em “primeira mão”. Ao apresentar as tendências você fortalece esses laços de relacionamentos;

- Conteúdo – Ele resume tudo que você pesquisou, se ele for relevante para o público-alvo, pronto!

Valorize seu cliente! Lembre-se que hoje, o engajamento é estratégico para engajamento “fisgar” o consumidor.


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Leia Mais:



← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários: