11/07/11

Eureca! Todo mundo quer ter uma boa ideia

Mas para ser bem aproveitada, ela precisa surgir no momento exato e ser bem apresentada

O que teria acontecido se o criador do post-it não tivesse acreditado em sua idéia? Essa pergunta é difícil de responder, mas o fato é que em 2006, quase 30 anos após a invenção, o papelzinho com cola no verso já era vendido em 100 países.

Art Fry integra aquele time de pessoas que têm a idéia certa e talvez o mais importante, no lugar certo. Isso mesmo! Uma boa idéia no lugar errado pode ir para a lata de lixo por não ser compreendida. 


"Quem quiser vender sua idéia precisa pensar se ela tem alguma ligação com o ramo de atividade da companhia companhia. É preciso pensar em como ela vai poder ajudar a empresa e as outras pessoas", afirma Patrícia Fadini, gerente de Consultoria da Ricardo Xavier. "O dono vai se interessar se ela agregar valor a marca, se diminuir custos ou aumentar o lucro", enumera Marcelo Abrieri, presidente da Curriculum.

Dica: Documente - com a idéia na cabeça, drible a ansiedade e coloque o seu projeto no papel. Além de ajudar a convencê-lo, é uma forma de você garantir que não vai perder o direito sobre ela.

Mas afinal, o que é uma boa idéia?

Muitas vezes, o que é uma boa idéia para você, pode não 
ser para a empresa. A boa ideia é aquela que vai ajudar a empresa de alguma forma. Precisa se perguntar se ela vai trazer benefício a empresa, se vai repercutir na imagem.

E como saber se ela será eficiente?
A primeira coisa é dividir a idéia com uma pessoa de sua confiança, de preferência que ocupe um cargo em nível hierárquico superior. Ele poderá ajudá-lo a pensar como essa idéia pode ser útil à empresa em que você trabalha e, possivelmente, até melhorá-la.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários: