09/02/11

Mitologia Grega na Publicidade

Hermes, era na mitologia grega, um dos deuses olímpicos, filho de Zeus e Maia, e possuidor de vários atributos. Conhecido por sua rapidez e capacidade atlética, foi dado à Hermes o crédito por inventar a corrida e o boxe. A estátua de Hermes ficava na entrada do estádio de Olímpia e dentro de cada ginásio em toda a Grécia.

As estátuas e pinturas feitas por artistas mostravam Hermes de várias formas, mas as obras mais modernas retratam-no como um homem de boa aparência, jovem, com um corpo atlético, e sandálias aladas.

Utilizar do conceito extraído das características dos Deuses da mitologia é algo muito usado na publicidade. Muitas empresas utilizam esses atributos para agregar valor à marca, podendo empregar a mitologia no nome da empresa ou até mesmo na logo. é o caso da Good Year, por exemplo, que aproveita as características de Hermes conhecido por sua velocidade e incorpora a imagem da sandália alada na sua logo, agregando os atributos do deus à empresa que fabrica e comercializa pneus em boa parte do mundo.


Já Atena, filha de Zeus, era a deusa da sabedoria, indústria, justiça, guerra e e artes. Assim como atena, as mulheres atuais estão bem representadas nas grandes empresas, em universidades, nos hospitais, em qualquer lugar elas conseguem desempenhar seu papel com maestria. Esse é o arquétipo de mulher bem realizada profissionalmente, antenada às questões de seu tempo, como mostra na campanha abaixo:


Porém, ainda existem anunciantes que usam as características dos deuses de forma subliminar, não tão clara ao consumidor. Podemos utilizar como exemplo disso a NIKE, que utiliza nas suas propagandas o conceito de velocidade, advindo do Deus Hermes, através dos atletas da época das olimpíadas. A propaganda segue essa característica por ser da marca Nike.


Contudo, se os consumidores tivessem a ciência de que o conceito da propaganda é baseado na característica dos Deuses da Mitologia, será que iria influenciar mais no consumo do produto?
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários: