• Pokémon Go: Como as marcas estão aproveitando esse frenesi (bônus 7 dicas)
  • Rio 2016: Você sabe como funciona a publicidade na Vila Olímpica?
  • Logos famosos recriados com Lettering como você nunca viu
  • Google lança extensão que ensina programação a qualquer pessoa
  • 35 artistas de rua brasileiros que você precisa conhecer

19/01/2017

10 frases de Obama para entrar para história

 

O 44° presidente dos Estados Unidos da América deu adeus depois de 8 anos na direção da principal potência mundial.

O líder que emocionou o mundo em seu último pronunciamento deixa como legado um exemplo de carreira política ética, sem escândalos, sem enriquecimento e com exemplos concretos de liderança.

Leia também:


Confira 10 frases de Obama que entrarão pra história:

-       "O futuro recompensa aqueles que pressionam, eu não tenho tempo para sentir pena de mim, não tenho tempo para reclamar, vou continuar".

-       Precisamos nos afastar dessa pobreza de ambição, onde as pessoas querem dirigir carros extravagantes e usar roupas agradáveis ​​e viver em apartamentos agradáveis, mas não querem trabalhar duro para realizar essas coisas.Todos devem tentar realizar todo o seu potencial. 

-       "A melhor maneira de não se sentir desesperado é levantar-se e fazer alguma coisa."

-       "Onde você está agora não tem que determinar onde você acaba."

-       “Livre-se dos bajuladores. Mantenha perto de você pessoas que te avisem quando você erra.”

-       “A mudança não virá se esperarmos por outra pessoa ou outros tempos. Nós somos aqueles por quem estávamos esperando. Nós somos a mudança que procuramos.

-       “Se não estivermos dispostos a pagar um preço por nossos valores, se não estivermos dispostos a fazer alguns sacrifícios para realizá-los, então deveríamos nos perguntar se realmente acreditamos neles.”

-       “Uma nação que não consegue controlar suas fontes de energia não pode controlar o seu futuro.”

-       “Na vida e na política, ignorância não é uma virtude.”

-       “Sim, nós podemos.”


Fica aí exemplos dos pensamentos que guiaram o ex-presidente dos Estados Unidos em sua gestão. Fica aí pensamentos que podem nortear a vida e a carreira de muita gente.

Obama foi o primeiro presidente negro da história dos Estados Unidos. Nascido em Honolulu, Havaí, é graduado em ciência política pela Universidade de Columbia e em direito pela Universidade de Harvard.


É ganhador do Prêmio Nobel da Paz, em 2009, promoveu o Acordo de Paris, firmou  o Acordo Nuclear com o Irã e normalizou as relações entre Cuba e os Estados Unidos.


Obviamente há muitas outras entregas que Obama deixou. E certamente estará fazendo mais coisas pelo país pós temporada como presidente.

Certamente, é possível esperar coisas boas no horizonte com seus exemplos de liderança.

Mattel cria assistente virtual para responder aos ‘porquês’ das crianças


A infância e juventude são fases de grande curiosidade so ser humano de descobertas e de dúvidas.

Pensando nisso, a Mattel desenvolveu um assistente virtual para as crianças, similar à Alexa da Amazon.

O assistente entende, responde e possui funções especiais destinadas às crianças, adolescentes e até aos pais.

Chamado Aristotle, o assistente entende as falas das crianças mesmo que ainda não tenham a dicção perfeitamente desenvolvida.

Integrado no assistente há uma tecnologia que aprende o “sotaque” do usuário por meio um parágrafo pré-definido que deve ser recitado na primeira iniciação, o que permite que ele identifique e aprimore seu reconhecimento de voz.

O Aristotle também consegue cuidar do estoque de fraldas, como por exemplo, sugerindo e efetuando a compra de mais unidades quando o estoque estiver no final.

Algumas funções podem ser personalizadas para serem ativadas exclusivamente pelos adultos.

Ele também conta com uma câmera para que os pais fiquem de olho nos seus filhos.

A assistente consegue até acalmar os bebês quando acordam chorando.

Levando em conta que a Mattel é primariamente uma fabricante de brinquedos, já era de se esperar que funções divertidas seriam adicionadas.


Segundo seus criadores, ações customizadas e efeitos sonoros serão acionados caso o Aristotle reconheça pela câmera brinquedos como carrinhos da Hot Wheels.

A câmera é capaz de reconhecer até brinquedos que não possuam sequer uma parte eletrônica. Uma boneca por exemplo, pode ganhar voz pelos auto falantes, e até ativar um chat personalizado.

Muitas de suas funções ainda parecem estar presentes somente na teoria, e aparentemente muitas outras ainda devem ser adicionadas, já que a plataforma está aberta para aplicativos de terceiros.

A Mattel recentemente fechou uma parceria para adicionar uma biblioteca de mais de 500 livros infantis, possibilitando que o assistente os leia aos usuários.

Esse é mais um passo dado no aprimoramento das relações entre robôs e humanos e a diminuição da necessidade de conversas interpessoais.

Até em que ponto isso é benéfico? Será que em um futuro próximo deixaremos as crianças aos cuidados de realidades aumentadas para poder trabalhar ainda mais?

Não sabemos em quais línguas Aristotle estará disponível, mas o lançamento deve acontecer por volta de junho de 2017 e a estimativa é de que ele custe 300 dólares.

17/01/2017

Porque você será um líder ruim se você não mudar essas atitudes


Sabe aquela brincadeira: “estou perdendo a fé na humanidade”? 

Pois é. 

Se você tem perfil de liderança, pensa ou tem seu próprio negócio, precisa criar tino pra entender o que faz (ou fez) os grandes empreendimentos que temos acompanhado nos últimos anos darem certo.

E o segredo deles é: foco nas pessoas!

Leia também: 3 comportamentos ideais para criar uma equipe vencedora.

Maus líderes sempre focam nas coisas. Sempre focam nos processos, nos objetos, nos objetivos do negócio, mas não nas pessoas.

E um erro que dá as mãos nisso é não ouvir o cliente.

Parece que os donos das empresas tem uma certa aptidão a pensar que sabem de tudo e pouco percebem que tudo está relacionado a pessoas - e sem ouvir essas pessoas você assina, cedo ou tarde, sua falência.

Tem sido cada vez mais difícil encontrar talentos no mercado de trabalho. E o motivo é a forma com que pensamos o que trabalho é: uma maldição.

Mas tem sido cada vez mais difícil encontrar os talentos porque os gestores não conseguem focar no que é mais importante em qualquer empreendimento: os recursos humanos.

Sem pessoas você simplesmente não vai conseguir fazer nada. 

Você pode ter desenvolvido a melhor estrutura com a melhor tecnologia, mas sem pessoas pensantes por de trás de tudo isso só serão máquinas e patrimônio empresarial parado.

E como sabemos patrimônio parado não gera lucro.

Leia também: As 5 principais qualidades de um líder que poucos possuem.

Recentemente eu vivi uma história super frustrante nesse respeito:

Um gestor focou sua atenção na montagem de um novo escritório e na compra de novas máquinas para desenvolver o trabalho em sua revista. Quando tomou essa decisão ficou sem pagar a equipe.

Resultado óbvio: todos se demitiram e agora ele tenta desesperadamente montar outra equipe, mas ficou com o filme super queimado no mercado.

Isso ensina uma coisa: Se você quer ser rico, quer que o seu negócio cresça, jamais vá com muita sede ao pote. Você só vai meter os pés pelas mãos e talvez termine pior do que começou.

E lembre-se: sabedoria é inteligência na prática. Então, que essas histórias e conteúdos te façam ainda mais sábio e ávido a entender as pessoas. Elas são a chave de tudo.


12/01/2017

Crianças com câncer ganham app lúdico que ensina sobre a doença


Cerca de 13 mil crianças e adolescentes no Brasil são diagnosticados todos os anos com algum tipo de câncer, uma doença que assusta e gera inúmeras dúvidas na cabeça de um paciente, independente da idade.

Para ajudar os pequenos e suas famílias a lidarem com esse tema nada fácil foi criado o AlphaBeatCancer, um aplicativo com 20 minigames que além de divertir, explicam a doença abordando termos e procedimentos oncológicos de maneira clara e otimista.

O aplicativo foi desenvolvido pelo Instituto Beaba e a produtora de games Mukutu, com o apoio da Sobope (Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica).

O app traz o caminho do tratamento, com quimioterapia e radioterapia. Apresenta ainda ultrassom, tomografia, cuidados com alimentação e rotina de higiene.

A criança participa de todo o processo. Cabe a ela, por exemplo, segurar o ursinho para que ele não se mexa durante a tomografia. Em outro, tem que pegar apenas as comidas saudáveis que caem do céu.

“Tudo que nos aproxima do paciente e de sua linguagem é uma arma importantíssima para o nosso trabalho”. diz Dra. Viviane Sonaglio, oncologista pediátrica e diretora técnica do Instituto Beaba, que ajudou no desenvolvimento do aplicativo. “O game veio para que o paciente sinta-se parte de seu tratamento, entendendo o que está sendo feito com ele”, completa a médica.


Para a criação e a validação do app, participaram programadores, pacientes e profissionais da saúde, como médicos, enfermeiros, nutricionistas, psicólogos, fisioterapeutas, pedagogos, entre outros, todos voluntários.

O projeto do aplicativo foi selecionado em 2015 no edital INOVApps do Ministério das Comunicações e apresentado no Games for Change, maior evento de jogos impactos do mundo, que aconteceu em junho de 2016 em Nova York.

O próximo passo do projeto é traduzi-lo para inglês, para desmistificar a doença e seu tratamento para mais pacientes mundo afora.

“Iniciativas como este game são de fundamental importância no repasse através de uma linguagem mais adequada para o público infanto-juvenil de informações necessárias para o sucesso do tratamento oncológico”, diz Dra. Teresa Fonseca, oncologista pediátrica e presidente da Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica.

Mais recentemente o Beaba lançou uma nova campanha no Instagram estimulando o uso da hashtag #poefiltro (fazendo referência ao #nofilter), para que as pessoas saibam mais sobre a prevenção do câncer de pele.
  
Simone adianta que deve ser lançada uma segunda versão. Quem quiser contribuir com o Instituto Beaba pode trazer doações pelo site.

O aplicativo já está disponível para Android e iOS.



10/01/2017

Confira a cor de 2017 para seus projetos: Pantone Greenery


Quem trabalha com
comunicação e criação certamente já ouviu falar da empresa Pantone

Ela é conhecida por desenvolver um sistema de cores padrão, onde a tabela de cor estabelece uma numeração individual fazendo com que a mesma cor seja produzida da mesma maneira, em qualquer lugar. 

Este sistema é muito utilizado pela indústria gráfica e demais segmentos, no intuito de evitar a variação de tons, que ocorre, por exemplo, quando a aproximação das cores é feita a olho humano.

Já é tradição que a
Pantone anuncie a cor do ano junto com inspirações que provavelmente serão usadas no mundo do design, arquitetura, moda, decoração e demais áreas criativas.
Sendo assim em dezembro de 2016 foi apresentada a cor Pantone de 2017: Greenery | 15-0343

O Greenery ou verde folhagem é uma mistura de amarelo intenso e verde, uma cor cercada de simbolismo. “Sabemos o tipo de mundo que estamos vivendo, que é muito estressante e intenso. Esta é a cor da esperança e da nossa ligação com a natureza. Ela remete ao que chamamos de palavras ‘re’: regenerar, refrescar, revitalizar, renovar _ Leatrice Eiseman, diretora executiva do Pantone Color Institute.
Embora não sejam regras as indicações feitas pela marca, devido a sua experiência no mercado, as cores anunciadas costumam virar tendência, resultando em trabalhos brilhantes.
Postagens mais antigas → Página inicial